Portugués

Principais concorrentes da Alpek no sector da produção de PTA

Os principais concorrentes da Alpek no sector da produção de ácido tereftálico purificado (PTA) são a INEOS e a Indorama.

A nível regional, a Alpek é uma potência nesta produção. 

De acordo com as estimativas da consultora britânica Wood Mackenzie, a Alpek detinha uma quota de 49% da capacidade instalada de PTA na região das Américas no final de fevereiro de 2024. 

O que é o PTA e para que é utilizado? É um composto químico fundamental na indústria de polímeros, especialmente na fabricação de politereftalato de etileno (PET). 

Por outras palavras, é um precursor no fabrico de resinas PET, que são utilizadas na produção de embalagens de plástico, fibras têxteis e películas, entre outros produtos.

Concorrentes da Alpek

A nível mundial, outros grandes fabricantes de PTA incluem a Henyi (China), a Heng Li (China), a INEOS (com sede no Reino Unido), a Reliance Industries (Índia) e a Dragon Aromatics (China).

Segundo a Alpek, a indústria do PET é constituída por vários operadores importantes, bem como por várias empresas mais pequenas. 

Os mercados de PET são geralmente regionais devido aos elevados custos de transporte em relação aos custos de produção. 

Considerando apenas o continente americano, a Wood Mackenzie refere que os maiores produtores de PET são a Indorama (Tailândia), a Alpek (México), a Far Eastern (Taiwan), a Nan Ya Plastics Corporation (Taiwan) e a M&G (Luxemburgo).

INEOS 

Com sede em Londres, esta empresa está presente em mais de 20 países e produz olefinas, especialidades químicas, poliolefinas, produtos petroquímicos de base, solventes e produtos petrolíferos. 

A INEOS tem uma divisão de energia que se centra na exploração e produção de petróleo e gás natural.

Indorama Ventures 

Esta empresa é um importante produtor global de produtos petroquímicos intermédios e a jusante, com 148 instalações em 35 países em todo o mundo.

Com sede na Tailândia, a Indorama Ventures é um dos principais produtores de produtos petroquímicos e fibras têxteis.

A empresa opera nos segmentos de PET misturado, óxidos e derivados integrados e fibras. 

O etano, o PX, o PP, o PET reciclado e a biomassa são as principais matérias-primas da empresa e os produtos finais são principalmente vendidos a empresas de bens de consumo em todo o mundo.